AMOR DE FAMÍLIA, SÓ QUANDO NÃO ENVOLVI R$$$$$$”: PAGAMENTO DA VALE POR BRUMADINHO PROVOCA BRIGAS EM FAMÍLIAS PELO DINHEIRO

quinta, 14 de fevereiro de 2019

3 vergonha do brasil

Nem fez um Mês da Morte das Vítimas do Rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão em Brumadinho e a Briga entre Familiares já começou.

salario em gravata 

O Rompimento da Barragem que tirou centenas de vidas em Brumadinho e Causou um Prejuízo Socioeconômico de Dimensões ainda Incalculáveis, foi apenas o Estopim para mais uma desgraça se abater sobre diversas Famílias atingidas.

 

Depois da Tristeza dos Familiares, o Dinheiro se tornou motivo de mais um “Desastre” o Amor e do Laço Familiar.

 

A Vale ofereceu aos Parentes dos Mortos e Desaparecidos para reparar minimamente a Catástrofe, a quantia de R$ 100 Mil por Vítima.

 

Isto motivou a fragmentação de diversos núcleos Familiares, tornando-se motivo de Briga entre Cônjuges, Companheiros, Irmãos, Filhos e Pais que disputam o Auxílio Financeiro.

 

Em alguns núcleos, Crianças que sofrem a perda do Pai ou da Mãe estão sendo submetidas a algo ainda mais cruel.

 

Tendo direito a esse primeiro montante e sendo Herdeiras de uma Indenização que está por vir, a Guarda Delas se tornou centro de disputa.

 

Em meio à Dor e aos Conflitos, Advogados de diversas partes do País desembarcam na Cidade distribuindo Cartões até em Velório “Uma Vergonha”.

 

A Defensoria Pública de Minas Gerais está de Olho nos abusos e aguarda o encerramento das buscas para regulamentar as situações.

 

São inúmeros casos de disputas. Entre Eles, os de “Ex” Mulheres e “Ex” Maridos que estão voltando para Casa e requerendo Direito aos R$ 100 Mil. O retorno repentino tenta tirar de cena Pais e Mães com quem os antigos Cônjuges, Vítimas da Tragédia, passaram a morar depois da Separação.

 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais não sabe informar quantas Crianças são Vítimas dessa Tragédia.

 

A Vale também afirma não ter esses dados, embora esteja envolvida no Cadastro das Famílias.

 

Uma das Histórias mais graves em Brumadinho envolve 2 Crianças, Filhas de uma Funcionária que Trabalhava no Restaurante que foi varrido pela lama. O Pai, que não fazia contato havia vários Anos, reapareceu depois da Tragédia e tirou à força os Meninos da Casa dos Avós.

 

A Polícia conseguiu recuperar as Crianças e o caso está sendo tratado como Sequestro.

 

O medo do reaparecimento de Pais e Mães Biológicos é uma realidade em muitas casas, onde Adolescentes têm preferido ficar com Padrastos e Madrastas, por quem foram Criados.

 

Casos de disputa estão a cargo da Justiça, que definirá quem ficará com a guarda das crianças. “Esses R$ 100 mil estão sendo uma tragédia.

 

Pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o adolescente tem sempre que ser ouvido em relação a com quem quer ficar.

 

Se tiver vontade de se manifestar e condição de expor a opinião, a vontade da Criança também é considerada.

ESTES ACREDITAM E INVESTEM EM SUA MARCA, E TAMBÉM ACREDITA NO NOSSO TRABALHO

1 a apoio farmacia nossa senhora

2 taxi emanuel novo

1 a apoio soares

1 a apoio siprog

1 a apoio cantinho da paz

Redação:“CNM” Central de Notícias do Matuto (0093-19)5

Para: www.blogdomatuto.com.br

Reportagem: Matuto “O Repórter do Povo"

Desenvolvido por Fábio Belo